Terça, 25 de Junho de 2024 09:56
5192690447
Colunistas Diário

Os benefícios de ter um diário.

Um cantinho especial para expressarmos nossos sentimentos.

11/06/2024 06h57 Atualizada há 2 semanas
Por: Renatha Pessoa Fonte: Fonte: Renatha Pessoa / Imagem: "O diário de Bridget Jones" (2001)
Fonte: Renatha Pessoa / Imagem: "O diário de Bridget Jones" (2001)
Fonte: Renatha Pessoa / Imagem: "O diário de Bridget Jones" (2001)

Muitas pessoas ignorantes falam que escrever em um diário é coisa de menina e/ou coisa de criança, ridicularizando esse hábito. No entanto, esse caderno pode servir para muitas coisas além de falar sobre quem está namorando com quem ou ficar parágrafos e parágrafos descrevendo um colega de trabalho bonito.
Em um diário, escrevemos nossos pensamentos mais profundos. Isso acontece porque é um lugar seguro em que ninguém se mete. Um espaço para si mesmo e seus pensamentos. Ninguém vai ler! Desde que você esconda bem, é claro.
É importante colocar os sentimentos para fora. Alguns escolhem a pintura e, outros, a música. O diário é uma opção rápida e prática, já que não é necessário aprender habilidades novas. Também não precisa de equipamento algum. Papel e caneta é o básico... mentira! Você também pode usar aplicativos.

Meu favorito é o Notion, mesmo sabendo que o mais conhecido é o Notas. O Notion permite que você use marca-textos, deixe as letras coloridas, adicione imagens, crie links especiais e também tem várias outras ferramentas que não estão disponíveis no Notas. Além disso, ambos estão disponíveis no computador para aqueles que não gostam de escrever no celular.
Também existem os aplicativos clássicos: Documentos e Word. Sou suspeita para falar sobre eles porque o Word é meu xodó, escrevo nele dia e noite e faço todas as anotações necessárias no Notion. São minha dupla de ouro; unha e cutícula. Como usaria um sem o outro?!
No entanto, para aqueles que preferem o papel, recomendo usar o máximo de ferramentas possíveis. Canetas coloridas! Fotos impressas! Fitas com glitter! Adesivos metálicos! Qual é a graça de falar sobre seu dia se for apenas um relato em preto e branco, sem graça?
Escrever sobre a própria vida em cores vibrantes pode nos ajudar a romantiza-la e vê-la de uma forma mais positiva. Sem contar que é divertido se envolver em um projeto nesse estilo porque ele vai ficar exatamente do seu jeitinho. Se quiser usar mais adesivos do que canetas coloridas, pode. Se preferir colar uma foto todos os dias e dar uma breve descrição em uma ou duas frases, pode.
O diário é uma forma de se expressar, então você pode usar todos os métodos possíveis. Quando não quiser escrever, pode fazer um desenho para representar o que sente. Também pode colocar sua raiva em rabiscos feitos com caneta vermelha para depois arrancar a página e queimar. Pode copiar a letra da sua música favorita, pelo menos o refrão. Se quiser, tente escrever um poema! Divirta-se. Explore seus sentimentos.
Vivemos em um mundo no qual somos reprimidos o tempo inteiro. Somos forçados a ignorar o sono para cumprir tarefas obrigatórias e chorar demonstra fraqueza. É difícil confiar em alguém nos dias de hoje. Se contar um segredo para uma pessoa, ela pode revelar para todos. O diário, no entanto, não fala. Ele apenas escuta.
É importante termos um lugar confiável. Por isso amizades verdadeiras e hobbies são importantes. Hobbies permitem com que mostremos nossos sentimentos além das conversas; amizades nos trazem conforto. A vida é baseada em compartilhar informações.
No entanto, às vezes, temos coisas que não podem ser reveladas porque, se alguém descobrir, pode afetar nossas vidas negativamente. Nem sempre são segredos maus e tê-los não faz com que sejamos pessoas más, mas as pessoas ao nosso redor são e não podemos nos colocar em risco por nada.
Um exemplo seria a questão da sexualidade. Muitas pessoas, ao começarem a descobrir sua sexualidade, ficam repletas de perguntas porque, mesmo tendo diversas informações disponíveis, nem todo mundo sabe onde e como encontra-las. A pesquisa feita até chegarem no termo que melhor as definem é longa e complicada, já que existe mais do que apenas “gay”, “lésbica” e “bi”.
Por falta de apoio, acabam tendo que se esconder, causando cada vez mais inseguranças. Isso pode levar as pessoas a terem problemas psicológicos por se sentirem isoladas e desrespeitadas. Não é culpa delas que os outros sejam ignorantes, mas isso não anula o fato de que ela seja afetada.
Ter um diário em que é possível falar, nesse caso, sobre a sexualidade, é essencial. Mesmo sendo um objeto inanimado, ele transmite conforto. Escrever bobagens sobre pensamentos que nos atormentam sempre melhora a situação.
Em um mundo tão sério, em que basicamente dormimos, comemos e trabalhamos, é importante ter um cantinho tosco. Ridículo. Colorido. Cheio de glitter. Mesmo que você escolha ter um diário simples, faça com que as palavras sejam toscas, ridículas, coloridas e cheias de glitter.
É difícil encontrar um espaço em que seja permitido ser louco. Na verdade, não existe nenhum. Você tem que forçar sua loucura nos lugares, senão sempre será apagado pela multidão monótona. É o que eles querem. Ninguém quer que o outro brilhe.
Por que você acha que tantas pessoas amam moda? Eu, particularmente, gosto de ter cabelo roxo, usar brincos exóticos, pintar uma unha de cada cor e usar sombra azul porque é a forma que encontrei pra mostrar minha personalidade até mesmo em um escritório acinzentado e sem vida com computadores velhos.
Um diário pode ser usado como uma iniciativa para começar a se soltar mais. As pessoas têm medo de serem diferentes por causa da opinião dos outros. Por isso, começar a se posicionar no papel (ou no computador) é uma ótima iniciativa para que, no futuro, seja possível ser uma pessoa mais confiante em público.
No início, podemos nos sentir idiotas por estarmos escrevendo sobre o que pensamos. A mídia nunca permite que tenhamos tempo para pensar no que realmente sentimos, já que sempre somos bombardeados por conteúdos externos que preenchem nossas cabeças e impedem que pensemos por nós mesmos.
Com o tempo, nos acostumamos e garanto que essa liberdade é um sentimento incrível. Se sentir confortável o suficiente com os próprios pensamentos ao ponto de expressá-los sem medo, independente de como for, deveria ser o requisito básico para viver.
Não podemos permitir que a rotina acabe com nossa essência, mesmo quando nem mesmo temos certeza de como ela é. Devemos descobri-la e explora-la para sermos mais felizes.
Às vezes, aceitamos o vazio justamente porque temos medo desse mistério. Parece que é melhor aceitar a simplicidade ao invés de tentar resolve-lo, certo? Mas, quando escrevemos um diário, passamos um tempo com nós mesmos. Sem distrações, sem opiniões de fora. Apenas nossos pensamentos genuínos, até mesmo aqueles que são tão profundos que nos assustam.
Tira-los do nosso subconsciente e dar atenção a eles é importante para superarmos situações que podem ter sido dolorosas. É comum pensarmos que superamos eventos do passado sendo que, lá no fundo, a mágoa ainda está lá. Expulse-a! Jogue essa negatividade no diário. Ele não vai se importar, eu garanto. Permita-se a ser livre.
Confira meu livro!  "Nesta distopia, diversas pessoas pagam um alto preço para assistir e ter a chance de entrar no honrado O Jogo, no qual há um grupo de pessoas e, ali, um assassino. Na Temporada 11, no entanto, algumas coisas dão errado, mudando o destino desse evento para sempre. Entre assassinatos brutais e disputas entre jogadores, a plateia faz apostas e observa-os com fogo nos olhos, mal podemos esperar para descobrir o que acontecerá a seguir." Dilva Camargo Artista Visual.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Renatha Pessoa - Escritora
Sobre Renatha Pessoa - Escritora
A coluna esta nas mãos de uma escritora com 14 anos de idade apaixonada por literatura. Que já publicou seu livro “Quer jogar? Tesouras não cortam só cabelo” Ele já está disponível. Falarei sobre informações literárias, desde dicas para escritores até o sumiço da Agatha Christie.Este espaço reservado especialmente para aqueles que gostam de livros e querem saber mais. Para quem pesquisa sobre autores, procuram significados em cada palavra e amam colecionar marca-páginas.
Porto Alegre, RS
Atualizado às 07h05
11°
Tempo nublado

Mín. 11° Máx. 15°

10° Sensação
3.09 km/h Vento
77% Umidade do ar
11% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (26/06)

Mín. 11° Máx. 13°

Chuva
Amanhã (27/06)

Mín. Máx. 16°

Tempo limpo