Terça, 25 de Junho de 2024 09:35
5192690447
Brasil Combustível

Preço do combustível pode subir.

Restriçâo as compensações de créditos de PIS e Cofins e está sendo chamada de “MP do Fim do Mundo”.

11/06/2024 08h02
Por: Redação Fonte: Rádio Pampa / Jornal O Poder
Fonte:Internet " Gasolina pode subir $ " Foto:Internet
Fonte:Internet " Gasolina pode subir $ " Foto:Internet

Segundo informações dos sindicatos que representam os vendedores de combustíveis, as distribuidoras do setor estão comunicando às suas respectivas redes de postos sobre um iminente aumento nos preços, previsto para entrar em vigor a partir de

Os fundamentos para esse reajuste são atribuídos aos desdobramentos da Medida Provisória (MP) 1.227, recentemente encaminhada ao Congresso pelo Ministério da Fazenda na semana passada. Tal medida, conhecida popularmente como a “MP do Fim do Mundo”, impõe restrições severas às compensações de créditos de PIS e Cofins, impactando diretamente na cadeia de distribuição

De acordo com cálculos realizados pelo Instituto Brasileiro do Petróleo e Gás (IBP), espera-se uma variação climática nos preços dos combustíveis, com a gasolina podendo apresentar uma oscilação entre 4% e 7%, o que se traduz em um acréscimo de aproximadamente R$ 0,20 a R$ 0,36 por litro. Quanto ao diesel, a projeção é de um aumento entre 1% e 4%, correspondendo a um valor adicional de R$ 0,10 a R$ 0,23 por litro. O IBP estima que o impacto direto da MP nas empresas distribuidoras de combustíveis possa atingir a marca expressiva de R$ 10 bilhões

É importante ressaltar que as posições de benefícios desfrutam de uma margem de autonomia na definição dos preços finais, podendo optar por repassar integralmente o aumento para o consumidor, reter parte dele ou até mesmo ajustar suas margens de lucro, fatores estes que podem resultar em um encarecimento ainda maior no valor cobrado nas bombas

Dentre as principais distribuidoras do país, apenas a Ipiranga emitiu um comunicado formal à sua rede de postos, alertando sobre as mudanças no

Continua após a publicidade
Anúncio

“Prezado cliente, viemos por meio deste comunicado informamos que, a partir da próxima terça-feira, dia 11 de junho de 2024, em consonância com as dinâmicas habituais de repasses e em razão do impacto imediato da MP 1227/24, a qual restringiu a compensação de créditos tributários de PIS/Cofins, os preços dos nossos combustíveis, incluindo gasolina, etanol e diesel, serão reais

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.