Terça, 25 de Junho de 2024 08:30
5192690447
Região Metropolitana Últimas ...

Notícias resumidas ...

Acompanhe as principais notícas da capital e Região Metropolitana.

11/06/2024 11h27 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: Prefeitura Municipal de Porto Alegre/GZH/ O Sul/
Foto: Redação MPV ' Noticias atualizadas e resumidas "
Foto: Redação MPV ' Noticias atualizadas e resumidas "

1- IPC S ( Indice de Preço do Consumidor )subiu em Porto Alegre.

O IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor – Semanal) subiu de 0,92% para 1,22% em Porto Alegre na primeira semana de junho, conforme divulgado pela FGV nesta terça-feira (11). Nos últimos 12 meses, o índice acumula alta de 3,84% na capital gaúcha, impactada pela maior enchente de sua história no mês passado. Seis das oito classes de despesa apresentaram aceleração, destacando-se transportes e alimentação. Além de Porto Alegre, a inflação acelerou em outras três das sete capitais pesquisadas pela FGV.

IPC S (Indice de preço do Consumidor

 

2- Sugestões de Holandeses para proteção das enchentes na capital.

Uma comitiva de pesquisadores holandeses apresentou, nesta segunda-feira (10), sugestões para a recuperação e melhoria do sistema de proteção contra enchentes em Porto Alegre. O relatório final será entregue ao Dmae em 20 dias. As propostas incluem a recuperação do sistema atual, criação de um sistema de monitoramento e a emissão de alertas climáticos. As ações estão divididas em quatro fases, com prazos até 2030. A comitiva, formada por especialistas do programa de Redução de Risco de Desastres dos Países Baixos, também visitou áreas críticas da cidade para avaliar a infraestrutura. A Prefeitura de Porto Alegre analisará as sugestões e planeja ampliar a cooperação para reduzir riscos de alagamentos.

 

Holandeses em Porto Alegre. Foto: Alex Rocha /PMPA

Continua após a publicidade
Anúncio

3- Estação Farrapos da Trensurb pode levar ate 150 para voltar a operar. 

O diretor-presidente da Trensurb, Ernani Fagundes, informou que a Estação Farrapos deve levar pelo menos cinco meses para voltar a operar, devido à necessidade de substituir equipamentos importados. Em entrevista à Rádio Gaúcha, Fagundes explicou que as estações Mercado, Rodoviária e São Pedro estão inundadas, impedindo a operação. Atualmente, os trens circulam entre Mathias Velho e Novo Hamburgo com intervalos de 35 minutos. A inundação prejudicou os trilhos, que precisarão ser substituídos. A retomada completa só ocorrerá com plena segurança energética e estrutural. Uma reunião nesta quarta-feira (12) discutirá prazos e custos para a manutenção.

 

4- Prefeitura assina contrato para novas equipes de limpeza na capital.

Porto Alegre intensifica a limpeza pós-enchente com a contratação emergencial de quatro empresas.
Investimento total de R$ 5,2 milhões para um período de 90 dias.

Adição de oito novas equipes de limpeza, totalizando 256 operários das empresas FG Soluções Ambientais Ltda, Aguiar Serviços e Empreendimentos Imobiliários Ltda, WB Serviços Terceirizados Ltda e Mecanicapina Limpeza Urbana Ltda.
As novas equipes se somarão aos 800 garis já em operação, focando no recolhimento de móveis e entulhos, raspagem de lodo e terra, e varrição geral.

Cada equipe terá 30 operários, um encarregado, um motorista, e um ônibus para transporte, além de ferramentas como carrinhos de mão, enxadas, garfos curvos, pás de concha, vassouras e vassourões.

Carlos Alberto Hundertmarker, diretor-Geral do DMLU, enfatiza a necessidade de aumentar o efetivo devido à extensão da área urbana alagada e à grande quantidade de resíduos a serem removidos.

Melhorar a eficiência da limpeza nas áreas afetadas pela enchente, acelerando a recuperação urbana e garantindo condições adequadas de higiene e segurança para os moradores.

 

Prefeitura Municipal de Porto Alegre

 

5- Mercado Público reabre sexta-feira 14.

O Mercado Público reabrirá parcialmente nesta sexta-feira, 14, das 8h às 19h, com entrada pela avenida Borges de Medeiros. Restaurantes do segundo piso e lojas com acesso direto à rua poderão funcionar. A decisão foi tomada após reunião entre permissionários e a SMAP na segunda-feira, 10.

Algumas áreas permanecerão fechadas devido a reformas, incluindo bancas voltadas para a avenida Júlio de Castilhos, ainda não limpas pela Trensurb. Na terça-feira, 18, lojas internas do térreo poderão operar mesmo em obras. A reabertura total depende do progresso das reformas de cada banca.

Desinsetização será realizada nos dias 11 e 12, e a Vigilância Sanitária fará vistoria no dia 13. A partir do dia 18, o Mercado funcionará das 7h30 às 19h. O pagamento dos permissionários está suspenso por acordo com a prefeitura.

 

atualizando ao decorrer do dia ... 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.